FONTE: Revista Placar

 

O Sergipe arrancou o empate contra o Itabaiana. Com isso, se sagrou campeão do Quadrangular Suplementar do 2º Turno do Campeonato Sergipano da 1ª Divisão de 1981. Sergipe ficou com 11 pontos, seguido pelo Itabaiana com nove; Contiguiba com três e o Olímpico na lanterna com apenas um ponto ganho.

SERGIPE 3 X 3ITABAIANA

LOCAL: Estádio Lourival Batista, em Aracaju (SE)

CARÁTER: Terceiro turnoúltima rodada – Campeonato Sergipano de 1981

DATA: Domingo, do dia 25 de outubro de 1981

RENDA: Cr$ 1.183.450,00

PÚBLICO: 11.641 pagantes

ÁRBITRO: Antônio Góis(FSF)

SERGIPE:Albertino; Róbson, Itamar, Rubens e Pedrinho; Rui, Luís Carlos e Cícero; Nininho, Dão (Sílvio) e Lauro. Técnico:Dequinha.

ITABAIANA: Marcelo; Esmerino, Luisão, Amauti e Valdir; Gustinho (Ubirani), Misso (Reginaldo) e Deri; Toninho, Angioletti e Florisvaldo. Técnico: Dalino Alvim.

GOLS:Angioletti aos 10 e 14 minutos (Itabaiana); no 1º Tempo. Dão, de pênalti, aos 18 e 33 minutos (Sergipe); Nininho aos 40 minutos (Sergipe); Florisvaldo aos 42 minutos (Itabaiana), no 2º Tempo.

FONTE: Revista Placar

 

 

FONTE: Revista Placar

 

FONTE: Revista Placar

 

Interessante nota publicada no jornal “A República” de Aracaju/SE em sua edição de 12 de agosto de 1932 sobre o primeiro aniversário de fundação do ETEA Futebol Clube, equipe ligada a transportes e energia de Aracaju:

 

 

FONTE: Revista Placar

 

TORNEIO DE 1º ANIVERSÁRIO DA FEDERAÇÃO SERGIPANA DE FUTEBOL DE SALÃO

DATA: 28 DE ABRIL DE 1960

LOCAL: QUADRA DA IATE CLUBE, EM ARACAJU / SE

 

1º JOGO

IATE CLUBE

6-1

COTINGUIBA

2º JOGO

OLÍMPICO

2-1

BNB CLUBE

3º JOGO

DÍNAMO

1-0

AA DE SERGIPE

4º JOGO

IATE CLUBE

2-1

OLÍMPICO

5º JOGO

IATE CLUBE

1-0

DÍNAMO

 

CAMPEÃO – IATE CLUBE DE ARACAJU (ARACAJU – SE)

 

DATA

 

 

LOCAL

CAR

14.01.1973

CONFIANÇA

2

X

1

ITABAIANA (ITABAIANA-SE)

ITABAIANA – SE

A

21.01.1973

CONFIANÇA

1

X

3

ITABAIANA (ITABAIANA-SE)

ARACAJU – SE

A

28.01.1973

CONFIANÇA

0

X

0

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

A

04.02.1973

CONFIANÇA

1

X

0

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

A

11.02.1973

CONFIANÇA

3

X

2

LAGARTO (LAGARTO-SE)

ARACAJU – SE

A

15.02.1973

CONFIANÇA

1

X

0

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

TT

18.02.1973

CONFIANÇA

2

X

1

ITABAIANA (ITABAIANA-SE)

ARACAJU – SE

A

21.02.1973

CONFIANÇA

0

X

2

LAGARTO (LAGARTO-SE)

ARACAJU – SE

TT

25.02.1973

CONFIANÇA

3

X

4

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

TT

28.02.1973

CONFIANÇA

1

X

1

LAGARTO (LAGARTO-SE)

ARACAJU – SE

TT

11.03.1973

CONFIANÇA

3

X

1

VASCO (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

A

18.03.1973

CONFIANÇA

3

X

1

MARUINENSE (MARUIM-SE)

ARACAJU – SE

CS

28.03.1973

CONFIANÇA

1

X

3

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

A

01.04.1973

CONFIANÇA

1

X

2

CONQUISTA (VITÓRIA DA CONQUISTA-BA)

VITÓRIA DA CONQUISTA – BA

A

04.04.1973

CONFIANÇA

2

X

0

VASCO (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

08.04.1973

CONFIANÇA

1

X

3

OLÍMPICO (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

22.04.1973

CONFIANÇA

2

X

1

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

25.04.1973

CONFIANÇA

1

X

1

MARUINENSE (MARUIM-SE)

ARACAJU – SE

CS

01.05.1973

CONFIANÇA

0

X

0

OLÍMPICO (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

A

09.05.1973

CONFIANÇA

2

X

2

VASCO (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

17.05.1973

CONFIANÇA

2

X

0

OLÍMPICO (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

20.05.1973

CONFIANÇA

0

X

2

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

23.05.1973

CONFIANÇA

1

X

2

VASCO (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

A

27.05.1973

CONFIANÇA

X

LAGARTO (LAGARTO-SE)

LAGARTO – SE

A

10.06.1973

CONFIANÇA

0

X

3

LAGARTO (LAGARTO-SE)

ARACAJU – SE

CS

17.06.1973

CONFIANÇA

3

X

4

VASCO (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

24.06.1973

CONFIANÇA

0

X

2

ITABAIANA (ITABAIANA-SE)

ITABAIANA – SE

CS

27.06.1973

CONFIANÇA

2

X

2

AMÉRICA (PROPRIÁ-SE)

ARACAJU – SE

CS

01.07.1973

CONFIANÇA

1

X

2

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

08.07.1973

CONFIANÇA

1

X

1

VASCO (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

15.07.1973

CONFIANÇA

1

X

0

ITABAIANA (ITABAIANA-SE)

ARACAJU – SE

CS

22.07.1973

CONFIANÇA

0

X

0

AMÉRICA (PROPRIÁ-SE)

PROPRIÁ –S E

CS

29.07.1973

CONFIANÇA

0

X

1

LAGARTO (LAGARTO-SE)

LAGARTO – SE

CS

05.08.1973

CONFIANÇA

1

X

2

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

19.08.1973

CONFIANÇA

2

X

0

OLÍMPICO (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

A

26.08.1973

CONFIANÇA

X

MARUINENSE (MARUIM-SE)

ARACAJU – SE

A

02.09.1973

CONFIANÇA

0

X

1

ITABAIANA (ITABAIANA-SE)

ITABAIANA – SE

A

16.09.1973

CONFIANÇA

2

X

0

MARUINENSE (MARUIM-SE)

ARACAJU – SE

A

28.10.1973

CONFIANÇA

1

X

1

PROPRIÁ (PROPRIÁ-SE)

PROPRIÁ – SE

A

03.11.1973

CONFIANÇA

X

LAGARTO (LAGARTO-SE)

LAGARTO – SE

A

11.11.1973

CONFIANÇA

0

X

1

INTERNACIONAL (PÃO DE AÇÚCAR-AL)

PÃO DE AÇÚCAR – AL

A

02.12.1973

CONFIANÇA

0

X

1

A.S.A. (ARAPIRACA-AL)

ARAPIRACA – AL

A

09.12.1973

CONFIANÇA

0

X

0

A.S.A. (ARAPIRACA-AL)

ARACAJU – SE

A

16.12.1973

CONFIANÇA

0

X

1

BOTAFOGO (SALVADOR-BA)

SALVADOR – BA

A

CS – CAMPEONATO SERGIPANO
A – AMISTOSO
TT – TORNEIO TRIANGULAR

 

Esporte Clube Propriá é um clube de futebol brasileiro, da cidade de Propriá, no estado de Sergipe. Foi fundado dia 12 de outubro de 1911 como Sergipe Foot-Ball Club, alterando para a atual denominação em 1956. Suas cores são o azul e o branco. Sua sede se localiza no endereço: Rua Arthur de Melo s/n CEP 49900-000 Propriá/SE.

O Esporte Clube Propriá é um dos mais antigos clubes dedicados ao futebol de Sergipe. Sendo o mais velho do Interior Foi fundado em 1913, com o nome de Sergipe Foot-Ball Club , e mudou a denominação quando se filiou à LSEA (atual FSF). Mas o clube propriaense não teve uma permanência constante na primeira linha do futebol sergipano.

Somente no final da década de 1940 é que começou a participar do Campeonato do Interior, conseguindo apenas alguns títulos da “Zona Norte” do Estado. Inscreveu-se no primeiro certame profissional (1960). conquistou dois títulos estaduais na segunda divisão do sergipano, o primeiro em 1964,o outro quando foi campeão invicto em 1983.

Algumas vezes deixou de disputar o campeonato e, junto com o seu co-irmão, o América, atravessou um período de séria crise financeira, culminando com a fusão de ambos, formando, em 1991, o União, de Propriá, que, entretanto, teve vida breve. Atualmente está tentando seu retorno a série A do sergipano.

Desempenho em competições oficiais

Campeonato Sergipano
Ano 1970 1971 1972 1973 1974 1975 1976 1977 1978 1979
Pos. 11º 10º 11º
Ano 1980 1981 1982 1983 1984 1985 1986 1987 1988 1989
Pos.
Ano 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999
Pos. 10º
Ano 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009
Pos. 11º 12º -
Campeonato Sergipano (Série A2)
Ano 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999
Pos.
Ano 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009
Pos. 10º
Ano 2010 2011 2012 2015
Pos. 11º 11º

FONTES: Wikipédia – Página do clube no Facebook

 

DATA

 

 

LOCAL

CAR

17.01.1971

CONFIANÇA

0

X

0

LAGARTO (LAGARTO-SE)

ARACAJU – SE

A

24.01.1971

CONFIANÇA

2

X

1

LAGARTO (LAGARTO-SE)

LAGARTO – SE

A

31.01.1971

CONFIANÇA

0

X

0

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

A

07.02.1971

CONFIANÇA

1

X

1

OLÍMPICO (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

A

14.02.1971

CONFIANÇA

1

X

3

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

A

27.02.1971

CONFIANÇA

3

X

0

SOCIALISTA (MARUIM-SE)

ARACAJU – SE

A

06.03.1971

CONFIANÇA

X

VASCO (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

A

13.03.1971

CONFIANÇA

1

X

2

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

A

10.03.1971

CONFIANÇA

X

VASCO (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

A

21.03.1971

CONFIANÇA

1

X

0

AMÉRICA (PROPRIÁ-SE)

PROPRIÁ – SE

CS

31.03.1971

CONFIANÇA

1

X

2

PROPRIÁ (PROPRIÁ-SE)

ARACAJU – SE

CS

11.04.1971

CONFIANÇA

1

X

1

SANTA CRUZ (ESTÂNCIA-SE)

ESTÂNCIA – SE

CS

18.04.1971

CONFIANÇA

1

X

1

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

21.04.1971

CONFIANÇA

1

X

0

C.R.B. (MACEIÓ-AL)

ARACAJU – SE

A

25.04.1971

CONFIANÇA

1

X

2

ITABAIANA (ITABAIANA-SE)

ITABAIANA – SE

CS

28.04.1971

CONFIANÇA

0

X

2

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

A

02.05.1971

CONFIANÇA

0

X

1

FERROVIÁRIO (MACEIÓ-AL)

ARACAJU – SE

A

05.05.1971

CONFIANÇA

2

X

2

LAGARTO (LAGARTO-SE)

ARACAJU – SE

CS

09.05.1971

CONFIANÇA

1

X

2

VASCO (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

19.05.1971

CONFIANÇA

0

X

0

C.R.B. (MACEIÓ-AL)

MACEIÓ – AL

A

23.05.1971

CONFIANÇA

2

X

1

OLÍMPICO (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

26.05.1971

CONFIANÇA

3

X

1

SOCIALISTA (MARUIM-SE)

ARACAJU – SE

CS

30.05.1971

CONFIANÇA

2

X

0

ESTANCIANO (ESTÂNCIA-SE)

ESTÂNCIA – SE

CS

09.06.1971

CONFIANÇA

2

X

3

ITABAIANA (ITABAIANA-SE)

ARACAJU – SE

TQ

13.06.1971

CONFIANÇA

2

X

2

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

TQ

16.06.1971

CONFIANÇA

1

X

0

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

A

20.06.1971

CONFIANÇA

2

X

0

PROPRIÁ (PROPRIÁ-SE)

PROPRIÁ – SE

CS

22.06.1971

CONFIANÇA

5

X

0

AMÉRICA (PROPRIÁ-SE)

ARACAJU – SE

CS

27.06.1971

CONFIANÇA

3

X

1

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

30.06.1971

CONFIANÇA

1

X

0

SANTA CRUZ (ESTÂNCIA-SE)

ARACAJU – SE

CS

04.07.1971

CONFIANÇA

0

X

2

OLARIA (RIO DE JANEIRO-RJ)

ARACAJU – SE

A

11.07.1971

CONFIANÇA

2

X

1

SOCIALISTA (MARUIM-SE)

ARACAJU – SE

CS

18.07.1971

CONFIANÇA

0

X

2

LAGARTO (LAGARTO-SE)

LAGARTO – SE

CS

22.07.1971

CONFIANÇA

4

X

1

OLÍMPICO (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

25.07.1971

CONFIANÇA

0

X

1

ITABAIANA (ITABAIANA-SE)

ARACAJU – SE

CS

29.07.1971

CONFIANÇA

3

X

1

ESTANCIANO (ESTÂNCIA-SE)

ARACAJU – SE

CS

01.08.1971

CONFIANÇA

2

X

0

VASCO (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

04.08.1971

CONFIANÇA

1

X

2

ITABAIANA (ITABAIANA-SE)

ARACAJU – SE

CB

08.08.1971

CONFIANÇA

0

X

4

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CB

15.08.1971

CONFIANÇA

3

X

3

ITABAIANA (ITABAIANA-SE)

ARACAJU – SE

CB

18.08.1971

CONFIANÇA

2

X

0

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CB

24.08.1971

CONFIANÇA

0

X

3

RIO BRANCO (VITÓRIA-ES)

ARACAJU – SE

A

29.08.1971

CONFIANÇA

1

X

0

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

A

03.09.1971

CONFIANÇA

1

X

0

LAGARTO (LAGARTO-SE)

ARACAJU – SE

A

05.09.1971

CONFIANÇA

1

X

3

BONSUCESSO (RIO DE JANEIRO-RJ)

ARACAJU – SE

A

07.09.1971

CONFIANÇA

0

X

0

LAGARTO (LAGARTO-SE)

LAGARTO – SE

A

12.09.1971

CONFIANÇA

2

X

2

ATLÉTICO (ALAGOINHAS-BA)

ALAGOINHAS – BA

A

19.09.1971

CONFIANÇA

2

X

1

PROPRIÁ (PROPRIÁ-SE)

PROPRIÁ – SE

CS

22.09.1971

CONFIANÇA

1

X

1

OLÍMPICO (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

03.10.1971

CONFIANÇA

2

X

2

LAGARTO (LAGARTO-SE)

LAGARTO – SE

CS

10.10.1971

CONFIANÇA

0

X

2

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

12.10.1971

CONFIANÇA

1

X

1

TREZE (CAMPINA GRANDE-PB)

ARACAJU – SE

A

17.10.1971

CONFIANÇA

2

X

2

ICASA (JUAZEIRO DO NORTE-CE)

JUAZEIRO DO NORTE – CE

A

19.10.1971

CONFIANÇA

3

X

2

ESPORTE (PATOS-PB)

PATOS – PB

A

21.10.1971

CONFIANÇA

3

X

2

TREZE (CAMPINA GRANDE-PB)

CAMPINA GRANDE – PB

A

27.10.1971

CONFIANÇA

2

X

2

LAGARTO (LARGATO-SE)

ARACAJU – SE

A

31.10.1971

CONFIANÇA

1

X

0

LAGARTO (LAGARTO-SE)

LAGARTO – SE

A

07.11.1971

CONFIANÇA

2

X

3

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

A

14.11.1971

CONFIANÇA

1

X

1

LAGARTO (LAGARTO-SE)

LAGARTO – SE

A

17.11.1971

CONFIANÇA

3

X

2

LAGARTO (LAGARTO-SE)

ARACAJU – SE

A

20.11.1971

CONFIANÇA

1

X

0

OLÍMPICO (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

A

01.12.1971

CONFIANÇA

1

X

2

C.S.A. (MACEIÓ-AL)

ARACAJU – SE

A

12.12.1971

CONFIANÇA

2

X

0

C.S.A. (MACEIÓ-AL)

ARACAJU – SE

A

15.12.1971

CONFIANÇA

2

X

2

C.S.A. (MACEIÓ-AL)

MACEIÓ – AL

A

19.12.1971

CONFIANÇA

3

X

2

ITABAIANA (ITABAIANA-SE)

ITABAIANA – SE

CS

CS – CAMPEONATO SERGIPANO
A – AMISTOSO
TQ – TORNEIO QUADRANGULAR DA SOLIDARIEDADE

 

DATA

 

 

LOCAL

CAR

21.01.1950

CONFIANÇA

7

x

1

OLÍMPICO (ARACJU-SE)

ARACAJU – SE

A

12.02.1950

CONFIANÇA

6

x

4

PALESTRA (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

A

26.02.1950

CONFIANÇA

2

x

4

VITÓRIA (SALVADOR-BA)

ARACAJU – SE

A

19.03.1950

CONFIANÇA

1

x

0

SANTA CRUZ (RECIFE-PE)

RECIFE – PE

A

23.03.1950

CONFIANÇA

3

X

5

NÁUTICO (RECIFE-PE)

RECIFE – PE

A

26.03.1950

CONFIANÇA

3

X

2

AMÉRICA (RECIFE-PE)

RECIFE – PE

A

29.03.1950

CONFIANÇA

1

x

4

SANTA CRUZ (RECIFE-PE)

RECIFE – PE

A

08.06.1950

CONFIANÇA

3

x

3

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

16.07.1950

CONFIANÇA

4

x

0

COTINGUIBA (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

23.07.1950

CONFIANÇA

2

x

0

AA ITABAIANA (ITABAIANA-SE)

ITABAIANA – SE

A

13.08.1950

CONFIANÇA

4

x

2

VASCO (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

10.09.1950

CONFIANÇA

1

x

3

PAULISTANO (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

26.09.1950

CONFIANÇA

4

x

1

C.S.A. (MACEIÓ-AL)

ARACAJU – SE

A

01.10.1950

CONFIANÇA

1

x

2

OLÍMPICO (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

15.10.1950

CONFIANÇA

2

x

1

PALESTRA (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

17.11.1950

CONFIANÇA

0

x

1

GALÍCIA (SALVADOR-BA)

ARACAJU – SE

A

03.12.1950

CONFIANÇA

7

X

0

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

A

CS – CAMPEONATO SERGIPANO
A – AMISTOSO

 

DATA

 

 

LOCAL

CAR

29.01.1984

CONFIANÇA

1

x

3

ABC (NATAL-RN)

NATAL – RN

CB

01.02.1984

CONFIANÇA

0

x

2

SANTOS (SANTOS-SP)

ARACAJU – SE

CB

05.02.1984

CONFIANÇA

0

x

1

FERROVIÁRIO (FORTALEZA-CE)

FORTALEZA – CE

CB

12.02.1984

CONFIANÇA

0

x

1

FLUMINENSE (RIO DE JANEIRO-RJ)

ARACAJU – SE

CB

15.02.1984

CONFIANÇA

4

X

1

FERROVIÁRIO (FORTALEZA-CE)

ARACAJU – SE

CB

19.02.1984

CONFIANÇA

0

X

2

FLUMINENSE (RIO DE JANEIRO-RJ)

RIO DE JANEIRO – RJ

CB

26.02.1984

CONFIANÇA

0

x

1

ABC (NATAL-RN)

ARACAJU – SE

CB

29.02.1984

CONFIANÇA

0

x

3

SANTOS (SANTOS-SP)

SANTOS – SP

CB

18.03.1984

CONFIANÇA

1

x

0

VASQUINHO (MACAMBIRA-SE)

MACAMBIRA – SE

A

25.03.1984

CONFIANÇA

2

x

0

CORINTHIANS (FREI PAULO-SE)

FREI PAULO – SE

A

28.03.1984

CONFIANÇA

0

x

1

ESTANCIANO (ESTÂNCIA-SE)

ESTÂNCIA – SE

A

01.04.1984

CONFIANÇA

x

JUVENTUS (CARIRA-SE)

CARIRA – SE

A

13.04.1984

CONFIANÇA

1

x

1

SANTA CRUZ (ESTÂNCIA-SE)

ESTÂNCIA – SE

CS

15.04.1984

CONFIANÇA

2

x

1

LAGARTO (LAGARTO-SE)

LAGARTO – SE

CS

22.04.1984

CONFIANÇA

1

x

0

ITABAIANA (ITABAIANA-SE)

ARACAJU – SE

CS

29.04.1984

CONFIANÇA

0

x

1

ESTANCIANO (ESTÂNCIA-SE)

ESTÂNCIA – SE

CS

01.05.1984

CONFIANÇA

0

x

0

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

A

06.05.1984

CONFIANÇA

3

x

1

VASCO (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

20.05.1984

CONFIANÇA

3

x

0

PROPRIÁ (PROPRIÁ-SE)

PROPRIÁ – SE

CS

27.05.1984

CONFIANÇA

1

x

0

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

10.06.1984

CONFIANÇA

2

x

0

LAGARTO (LAGARTO-SE)

ARACAJU – SE

CS

16.06.1984

CONFIANÇA

0

x

0

MARUINENSE (MARUIM-SE)

MARUIM – SE

A

21.06.1984

CONFIANÇA

0

x

1

SANTA CRUZ (ESTÂNCIA-SE)

ARACAJU – SE

CS

24.06.1984

CONFIANÇA

0

x

4

ITABAIANA (ITABAIANA-SE)

ITABAIANA – SE

CS

01.07.1984

CONFIANÇA

0

x

2

ESTANCIANO (ESTÂNCIA-SE)

ARACAJU – SE

CS

08.07.1984

CONFIANÇA

1

x

0

VASCO (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

14.07.1984

CONFIANÇA

9

x

0

PROPRIÁ (PROPRIÁ-SE)

ARACAJU – SE

CS

22.07.1984

CONFIANÇA

0

x

1

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

29.07.1984

CONFIANÇA

1

x

2

LAGARTO (LAGARTO-SE)

LAGARTO – SE

CS

05.08.1984

CONFIANÇA

3

x

5

ITABAIANA (ITABAIANA-SE)

ARACAJU – SE

CS

12.08.1984

CONFIANÇA

0

x

0

ESTANCIANO (ESTÂNCIA-SE)

ESTÂNCIA –SE

CS

19.08.1984

CONFIANÇA

0

x

1

PROPRIÁ (PROPRIÁ-SE)

PROPRIÁ – SE

CS

26.08.1984

CONFIANÇA

0

x

2

SANTA CRUZ (ESTÂNCIA-SE)

ESTÂNCIA – SE

CS

02.09.1984

CONFIANÇA

1

x

1

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

09.09.1984

CONFIANÇA

1

x

1

VASCO (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

16.09.1984

CONFIANÇA

2

x

2

ESTANCIANO (ESTÂNCIA-SE)

ARACAJU – SE

CS

23.09.1984

CONFIANÇA

5

x

1

RIO BRANCO (CAPELA-SE)

CAPELA – SE

A

30.09.1984

CONFIANÇA

1

x

0

VASCO (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

07.10.1984

CONFIANÇA

0

x

2

ITABAIANA (ITABAIANA-SE)

ITABAIANA – SE

CS

13.10.1984

CONFIANÇA

2

x

0

PROPRIÁ (PROPRIÁ-SE)

ARACAJU – SE

CS

21.10.1984

CONFIANÇA

4

x

2

LAGARTO (LAGARTO-SE)

ARACAJU – SE

CS

27.10.1984

CONFIANÇA

0

x

0

SANTA CRUZ (ESTÂNCIA-SE)

ARACAJU – SE

CS

04.11.1984

CONFIANÇA

0

x

3

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

11.11.1984

CONFIANÇA

x

CRUZEIRO (SIMÃO DIAS)

SIMÃO DIAS – SE

A

18.11.1984

CONFIANÇA

0

X

1

SANTA CRUZ (ESTÂNCIA-SE)

ARACAJU – SE

CS

21.11.1984

CONFIANÇA

0

x

0

ESTANCIANO (ESTÂNCIA-SE)

ESTÂNCIA – SE

CS

25.11.1984

CONFIANÇA

3

x

0

SANTA CRUZ (ESTÂNCIA-SE)

ESTÂNCIA – SE

CS

02.12.1984

CONFIANÇA

1

x

0

SERGIPE (ARACAJU-SE)

ARACAJU – SE

CS

09.12.1984

CONFIANÇA

0

x

1

MARUINENSE (MARUIM-SE)

MARUIM – SE

A

 

CB – CAMPEONATO BRASILEIRO

CS – CAMPEONATO SERGIPANO

A – AMISTOSO

 

GRUPO 1

 

EQUIPE

CIDADE

001

ATLÉTICO CLUBE BONFIM ESTÂNCIA

002

ESTANCIANO ESPORTE CLUBE ESTÂNCIA

003

ESPORTE CLUBE SANTA CRUZ ESTÂNCIA

 

GRUPO 2

 

EQUIPE

CIDADE

001

ASSOCIAÇÃO BOQUINHENSE DE DESPORTOS BOQUIM

002

CRUZEIRO FUTEBOL CLUBE SIMÃO DIAS

003

LAGARTO ESPORTE CLUBE LAGARTO

 

GRUPO 3

 

EQUIPE

CIDADE

001

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA COTINGUIBA LARANJEIRAS

002

LARANJEIRENSE FUTEBOL CLUBE LARANJEIRAS

003

NÁUTICO ESPORTE CLUBE SÃO CRISTÓVÃO

 

GRUPO 4

 

EQUIPE

CIDADE

001

BOTAFOGO FUTEBOL CLUBE SANTO AMARO DE BROTAS

002

INDUSTRIAL FUTEBOL CLUBE MARUIM

003

RIACHUELO FUTEBOL CLUBE RIACHUELO

 

GRUPO 5

 

EQUIPE

CIDADE

001

AMÉRICA FUTEBOL CLUBE PROPRIÁ

002

BONFIM ESPORTE CLUBE NEÓPOLIS

003

DORENSE FUTEBOL CLUBE NOSSA SENHORA DAS DORES

004

FLAMENGO FUTEBOL CLUBE NOSSA SENHORA DAS DORES

005

NEÓPOLIS ESPORTE CLUBE NEÓPOLIS

006

RIO BRANCO ESPORTE CLUBE CAPELA

 

GRUPO 6

 

EQUIPE

CIDADE

001

ASSOCIAÇÃO OLÍMPICA ITABAIANA ITABAIANA

002

CANTAGALO ESPORTE CLUBE ITABAIANA

003

PAULISTANO FUTEBOL CLUBE FREI PAULO

 

GRUPO 7

 

EQUIPE

CIDADE

001

CLUBE ESPORTIVO AGAMENON MAGALHÃES ARACAJU

002

ESPORTE CLUBE CRUZEIRO ARACAJU

003

ESPORTE CLUBE FLAMENGO ARACAJU

004

ONZE PERIGOS FUTEBOL CLUBE ARACAJU

005

PALESTRA FUTEBOL CLUBE ARACAJU

006

PAULISTANO FUTEBOL CLUBE ARACAJU
 

1ª FASE

EQUIPE

CIDADE

001

ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA SERGIPE ARACAJU

002

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA CONFIANÇA ARACAJU

003

CLUBE DOS EMPREGADOS DA PETROBRÁS ARACAJU

004

COTINGUIBA SPORT CLUB ARACAJU

005

IATE CLUBE DE ARACAJU ARACAJU

006

JAPARATUBA FUTEBOL CLUBE JAPARATUBA

007

RIACHUELO FUTEBOL CLUBE RIACHUELO

008

VASCO ESPORTE CLUBE ARACAJU

FASE FINAL

DATA

 

 

LOCAL

09.02.1972

VASCO

6-3

COTINGUIBA ARACAJU

09.02.1972

ASSOCIAÇÃO

3-0

CONFIANÇA ARACAJU

19.02.1972

ASSOCIAÇÃO

2-1

VASCO ARACAJU

19.02.1972

CONFIANÇA

CAN

COTINGUIBA ARACAJU

23.02.1972

VASCO

5-2

CONFIANÇA ARACAJU

23.02.1972

ASSOCIAÇÃO

5-2

COTINGUIBA ARACAJU

26.02.1972

COTINGUIBA

4-2

CONFIANÇA ARACAJU

26.02.1972

ASSOCIAÇÃO

6-0

VASCO ARACAJU

01.03.1972

ASSOCIAÇÃO

6-3

COTINGUIBA ARACAJU

01.03.1972

VASCO

4-4

CONFIANÇA ARACAJU

04.03.1972

COTINGUIBA

5-4

VASCO ARACAJU

04.03.1972

ASSOCIAÇÃO

0-0

CONFIANÇA ARACAJU

* CAMPEÃ – ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA DE SERGIPE (ARACAJU-SE)

 

O Clube Atlético Rosário Central é uma agremiação do Município de Rosário do Catete (SE). O ‘clone’ do clube argentino foi Fundado no domingo, do dia 03 de Abril de 2016, com o objetivo de disputar o Campeonato Sergipano da 2ª Divisão, organizado pela Federação Sergipana de Futebol (FSF).

O Município de Rosário do Catete (Fundado em 12/03/1836), está a 37 km de distância da capital de Aracaju, e possui uma população de 9.222 habitantes (segundo o Censo do IBGE/2008). O 1º jogo oficial do clube rosarense, aconteceu no sábado do dia 24 de setembro de 2016, quando empatou sem gols com a Seleção de Japaratuba, fora de casa.

O Rosário Central está no Grupo C, juntamente com o América, Propriá e Canindé. A estreia será no próximo sábado, dia 08 de outubro, diante do Canindé, às 16 horas, no Estádio Polycarpo Diniz de Rezende, o ‘Rezendão’, em Rosário do Catete. A expectativa é de que um grande público assista o jogo, afinal essa é a primeira vez que a cidade será representada por um clube profissional.

FONTE & FOTO: Página do clube no Facebook – Federação Sergipana de Futebol (FSF)

 

A Associação Desportiva Frei Paulistano é uma nova agremiação do Município de Frei Paulista (SE). Fundado na segunda-feira, do dia 29 de Agosto de 2016, tem a sua Sede localizada na Praça João Teles da Costa, s/n, no Centro da cidade.

O município (Fundado em 1890 e se emancipando como município em 1920) fica no ‘Sertão Sergipano‘ está apenas a 64 km de distância da capital Aracaju, e conta com uma população de 13.874 habitantes (segundo o censo do IBGE/2010).

A escolha do nome do time é simples: Frei Paulistano é o gentílico de quem é natural do Município de Frei Paulista. O azul é cor predominante da localidade, enquanto o boi e as plantas são adereços extraídos do brasão de Frei Paulista.

Brasão da Prefeitura de Frei Paulista

Apesar de pouco mais de um mês de existência, a Associação Desportiva Frei Paulistano já se prepara para debutar no futebol profissional. Inscrito no Campeonato Sergipano da 2ª Divisão de 2016, organizado pela Federação Sergipana de Futebol, a equipe tem data marcada para a estreia.

Válido pelo Grupo B, no próximo sábado, dia 08 de outubro, o Frei Paulistano enfrenta o Coritiba F.C. (Itabaiana), às 15 horas, no Estádio Municipal de Frei Paulista. Na chave, ainda fazem parte o Aracaju F.C. (Aracaju) e CS Maruinense (Maruim).

FONTES: Wikipédia – Prefeitura de Frei Paulista - Federação Sergipana de Futebol (FSF)

 

 

O Botafogo Associação Sergipana de Futebol é uma nova agremiação do Município de Cristinápolis localizado no extremo Sul do Estado de Sergipe. A 115 km de distância para a capital de Aracaju, conta com uma população de 17.536 mil habitantes.

A neo agremiação Alvinegra Cristinapolense  foi Fundada na segunda-feira, do dia 29 de junho de 2015. A sua primeira missão na esfera profissional será a disputa do Campeonato Sergipano da 2ª Divisão de 2016, organizado pela Federação Sergipana de Futebol (FSF).

A estreia está marcada para o para o sábado, dia 08 de outubro, quando recebe a visita do Olímpico, às 15h, no Estádio Geraldo de Oliveira, o ‘Geraldão’ (em construção), com capacidade para 2 mil pessoas, em Cristinápolis.

  

 

FONTES & FOTOS: Página do clube no Facebook - Federação Sergipana de Futebol (FSF)

 

  

NOTA DE ESCLARECIMENTO E AGRADECIMENTO

Para os novos internautas que conheceram o nosso espaço virtual: História do Futebol, eis aqui algumas informações. Os nossos membros são pesquisadores espalhados por quase todos os estados do Brasil.

Num país onde o estimulo ao estudo é pífio, ser pesquisador é quase uma atividade em extinção! Porém, o que nos move é a paixão e o desejo de encontrar novidades, resgatar histórias enterradas (entre dados, fichas-técnica, jogadores e escudos) e imagens raras.

O sucesso veio por meio de um trabalho sério mesclado com amor. O resultado é o número de visitantes que aumentam a cada dia. Para o nosso História do Futebol esse é o nosso maior prêmio.

Muitas das vezes, somos referência para muitos sites, blogs e até jornais, o que  muito nos honram. Verdade seja dita, em alguns casos o nosso trabalho, feito com muitas abdicações e suor, não tem o mínimo de reconhecimento, com pessoas que “chupam” as nossas pesquisas sem pedir autorização e muito menos dar o crédito.

Contudo, acreditamos que a maioria das pessoas são honradas e respeitam o nosso trabalho e para essa turma o nosso muito obrigado. Que mais novidades venham para que possamos brindar com o nosso maior tesouro: vocês, internautas!

 

Um grande abraço da equipe História do Futebol!

 
CS SERGIPE / COTINGUIBA SC (ARACAJU-SE)

4

SERGIPE FC (PROPRIÁ-SE)

0

DATA: 24 de outubro de 1916 LOCAL: Praça  Pinheiro Machado, em Aracaju / SE
JUIZ: Alexandre Polto CARÁTER: Amistoso Nacional
GOLS: Eduardo, Lauro, Moraes e Waldemonte
Sergipe/Cotinguiba(SE): Clemente; Alberto e Travassos; Constancio Vieira, Godofredo Menezes e Eduardo; Waldemonte, Waldemar, Moraes, Clóvis e Lauro.
Sergipe(SE): Hugo; Maia e Paulo; Gerdiel, Pedro e Farias; Henrique, Chaves, Ferreira, Joscelino e Artur.
OBS.: Este foi o primeiro amistoso intermunicipal ocorrido no Estado.


Fonte: “História do Futebol Sergipano” de Viana Filho

 
CS SERGIPE (ARACAJU-SE)

3

COTINGUIBA SC (ARACAJU-SE)

2

DATA: 10 de dezembro de 1916 LOCAL: Praça  Pinheiro Machado, em Aracaju / SE
JUIZ: Edgar Magalhães CARÁTER: Amistoso Nacional
GOLS: Roque (2) e Clóvis (contra) / Godofredo Menezes (2)
Sergipe(SE): Alonso; Cravo e Oliveira; Constancio Vieira, Lauro e Rolinha; Josué Cunha, Victor, Moraes, Roque e Mendes.
Cotinguiba(SE): Alexandre; Alberto e Travassos; Bessa, Godofredo Menezes e Eduardo; Clovis, Nelson, Chaves, Waldemar e Paulo.
OBS.: Este foi o primeiro clássico entre as duas equipes mais antigas do Estado.


Fonte: “História do Futebol Sergipano” de Viana Filho

 

O Passagem Esporte Clube é uma agremiação do Município de Neópolis (SE). O “Tricolor de Neópolis(verde, branco e grená) foi Fundado no dia 06 de Fevereiro de 1948, por funcionários da fábrica de Tecidos Peixoto Gonçalves & Cia., localizado na Vila Operária da Passagem, no município de Neópolis, Sergipe. A equipe manda os seus jogos, no Estádio Dr. Roberto Peixoto, ‘Vila Passagem’, com capacidade para 4 mil pessoas.

Na década de 50, o Passagem foi uma das mais importantes equipes do futebol sergipano. A sua maior glória aconteceu no ano de 1950, quando se sagrou campeão do Campeonato Sergipano da 1ª Divisão. Quatro anos depois faturou o vice-campeonato estadual (1954).

A fábrica de tecidos funciona normalmente e a vila tem aproximadamente 440 casas de conjunto e um belo campo de futebol, também conhecida como Vila Passagem. Atualmente, o”Tricolor de Neópolis” competições amadoras, não mais participando de campeonatos na categoria profissional.

 

FONTES & FOTOS: Revista Sport Ilustrado – Página da Vila Operária da Passagem no Facebook

 

FONTE: Revista Sport Ilustrado

 

Segue mais uma prévia. Agora as equipes do Estado de Sergipe no Site COLEÇÃO DE CLUBES, aproveitem!!!

Obrigado a todos!!!

http://www.colecaodeclubes.com.br/sergipe.html

 
 

FONTE: O Malho

 

Grêmio Futebol Clube

Fundação: 21/08/1998
Categoria: Amador
Endereço: Rua José Vieira de Andrade, 272, São José Conrrado de Araújo – Aracaju – SE
CEP: 49085-180
Fone: (79) 9937-6373
Presidente: Eduardo Santana Teles
Vice-Presidente: José Duarte

Fonte: www.fsf-se.com.br/clubes

 

Grêmio Recreativo Zebra Futebol Clube

Fundação: 07/09/1978
Categoria: Amador
Endereço: Av. José Conrrado de Araújo, 512, Bairro Industrial - Aracaju-SE
CEP: 49065-470
Fone: (79) 3215-2189
E-mail:
Presidente: Paulo dos Santos
Vice-Presidente: Paulo dos Santos Filho
Mandato: Indeterminado

Fonte: www.fsf-se.com.br/clubes

 

Sociedade Esportiva de São Cristóvão

Cidade: Carmópolis (SE)
Data de Fundação: 18/ago/1967
Situação da Equipe: Renomeou-se
Mascote: São Cristóvão

Equipe fundada em 1967, na cidade de Carmópolis, renomeou-se no final de 2006, para Sociedade Esportiva River Plate.
O nome São Cristóvão não é homenagem à cidade, que em Sergipe, existe uma com esse nome. São Cristóvão foi escolhido por motoristas da Petrobras de Carmópolis, que fundaram o clube. O nome é uma homenagem ao santo padroeiro dos motoristas.
Participou dos Campeonatos Sergipanos de 1992 a 1995 e de 2000 a 2003. Em 2003, terminou o campeonato na 11ª colocação, dentro das quatro equipes que foram rebaixadas.
Em 2004, 2005 e 2006, disputou a segunda divisão, a Série A2. Foram suas últimas participações como Sociedade Esportiva São Cristóvão.

Seu uniforme era composto de camisa com listras verticais vermelhas e brancas, calção vermelho e meias brancas.

Mandava seus jogos no Estádio Municipal Fernando França (*antigo Idalito de Oliveira), em Carmópolis, com capacidade para 2.500 pessoas.

São Cristóvão Futebol Clube

Cidade: São Cristóvão (SE) 
Data de Fundação: 13/mar/2005 
Situação da Equipe: Profissional 
Mascote: Águia

O São Cristóvão Futebol Clube é um clube de futebol da cidade de São Cristóvão. Suas cores são o vermelho, cinza e o branco.
Em 2006, foi vice-campeão da Série A2 do Campeonato Sergipano.
Em 2007, estreia na elite do futebol sergipano, terminando na 8ª colocação, uma acima da zona de rebaixamento. O São Cristovão, foi o time revelação do Campeonato Sergipano de 2008, terminando a competição em 3º lugar, atrás somente dos grandes da capital, Confiança e Sergipe, conquistando assim, uma vaga para a Copa Governo do Estado de Sergipe.
Porém em 2009, a excelente campanha não se repetiu e o São Cristóvão terminou a competição rebaixado, na 9ª e penúltima posição. Não disputou a Séria A2 de 2010 e depois disso, nunca mais disputou o campeonato estadual.

Seu uniforme era composto de camisa com listras verticais vermelhas, cinzas e brancas, calção branco e meias vermelhas.

Mandava seus jogos no Estádio Municipal Isaias Gileno Barreto  (Campo do limão), em São Cristóvão, com capacidade para 3.000 pessoas.

Fonte: Arquivo pessoal

 

Novo escudo do Aracaju Futebol Clube, que disputa a Série A2 do Campeonato Sergipano em 2015.

Aracaju Futebol Clube

Fundado em 2004, o Aracaju Futebol Clube leva além do nome as cores da capital – o verde, amarelo, azul e branco. O Mascote do clube é a Águia, um dos animais mais majestosos, com enorme coragem e visão apuradíssima.
No clube também é realizado um trabalho evangelístico. O Aracaju vem fazendo um grande trabalho com as categorias de base, e também é um dos poucos clubes do estado que dá oportunidades a jovens e adultos.

Disputou os Campeonatos Sergipano da Série A2 em 2012, 2014 e 2015 .

Fonte: facebook/aracajufutebolclube

 

 

 

Segue o novo escudo do Lagarto Futebol Clube, que disputou o Campeonato Sergipano de 2015. Muita semelhança com o escudo do Atlético Clube Lagartense.

Lagarto Futebol Clube no Campeonato Sergipano de 2015

No seu ano de nascimento o clube, quando disputou a Série A2 do Campeonato Sergipano, chegou muito próximo de subir para a primeira divisão. No entanto, na segunda fase da comepetição foi derrotado nas semifinais pelo então clube ascendente do futebol sergipano, o River Plate de Carmópolis.
O Ano de 2012, primeiro na elite do futebol estadual, foi de grande dificuldade para o Lagarto Futebol Clube, mas o time surpreendeu e evitou o rebaixamento.
O clube tem chamado atenção por sua constante ascensão e disputa pela primeira vez um torneio em âmbito nacional, a Copa do Brasil de 2014.

Fontes: facebook/LagartoFutebolClube
                Arquivos pessoal 

 

O Club Sportivo Sergipe é uma agremiação da cidade de Aracaju (SE). Fundado em 17 de outubro de 1909, uma semana após o surgimento do primeiro clube esportivo de Aracaju, o Cotinguiba Esporte Clube, ambos dedicados exclusivamente aos esportes náuticos, especialmente o remo.

Existe uma versão, de que o Sergipe nasceu a partir de uma facção do Cotinguiba, insatisfeita com o nome dado a este clube. Estes dissidentes teriam resolvido, então, fundar outro clube com o verdadeiro nome do rio onde seriam disputadas as competições: o rio Sergipe.

Entretanto, pesquisas e testemunhos – inclusive de um dos fundadores do Sergipe, o Sr. José Couto de Farias – apontam outra versão: a simples necessidade de haver outro clube para que as regatas pudessem ser realizadas.

Assim, comandados por Adalberto Ribeiro Monteiro e Euclides Porto, Adalgiso Rosal, José Couto de Farias, Tancredo de Sousa Campos, Américo Silva, Francisco Bessa e outros que a história não registrou; reuniram-se no dia seguinte da fundação do Cotinguiba, ao meio-dia de 11 de outubro de 1909, na sede da Associação Comercial e deliberam que, no domingo seguinte, dia 17, seria fundado o Club Sportivo Sergipe.
Baile de Carnaval no Club Sportivo Sergipe – 1938. BARRETO, Armando.

Cadastro industrial, comercial, agrícola e informativo de Sergipe – 1938.

E foi o que aconteceu. Novamente no mesmo horário, e no mesmo local anterior, aquele grupo de jovens idealistas fundava o clube, cujas cores representariam vigor, vontade de vencer e progredir. A diretoria ficou então composta por:

Presidente: Tancredo Sousa Campos.

Vice-presidente: José Victor de Matos.

1º Secretário: José Couto de Farias.

2º Secretário: Adalberto Ribeiro Monteiro.

Tesoureiro: José Fernandes de Oliveira.

Orador: Hemetério Gouveia.

Diretor de Regatas: Américo Silva.

Comissão fiscal: Dr. Alexandre Lobão, Cel. Terêncio Sampaio e Jucundino Sousa Filho.

Presidente de honra: Cel. Lourenço Pinto Monteiro.


Nascia naquele momento o Club Sportivo Sergipe, cujo destino histórico o tornaria o maior clube esportivo do estado. Logo após a fundação, a diretoria encomendou barcos, arrumou local para a sede, angariando novos sócios e levantando fundos financeiros para a efetivação dos planos. Em janeiro de 1910, era batizado o primeiro barco rubro, que recebeu o nome de “Nereida”.

Em 8 de janeiro do ano seguinte, foi inaugurada a primeira sede do Sergipe. Tratava-se de uma pequena garagem, construída no bairro da Fundição (atual Avenida Ivo do Prado), às margens do rio Sergipe. Na primeira disputa náutica realizada, em 11 de junho de 1910, o clube rubro foi o vencedor diante do Cotinguiba.

Esta foi a primeira de muitas vitórias nas regatas contra o rival alvi-azul, que ocorriam no rio Sergipe e que eram acompanhadas por um grande público na antiga rua “da Frente”.

Futebol
Em meados de 1916, surgia o futebol no clube. Inicialmente foi praticado pelos sócios do Sergipe e Cotinguiba sem distinção clubística, em animados treinos realizados pelos “Team Green” e “Team Black” num campo improvisado da Praça Pinheiro Machado.

No final do ano, é que os dois clubes resolveram adotar o esporte bretão oficialmente. Rapidamente o colorado se tornaria o clube mais popular do estado e o de maior número de conquistas.

A trajetória futebolística do Sergipe envolve dezenas de campeonatos conquistados, triunfos em torneios locais e interestaduais, partidas internacionais, vitórias memoráveis sobre campeões de outros estados e troféus valiosos.

Primeiros Triunfos

Entre os triunfos memoráveis da história mais antiga do Sergipe destacam-se: a vitória de 1 a 0 sobre a seleção do Ceará (1926); 4 a 2 sobre o Botafogo campeão baiano (1936); 3 a 1 sobre a seleção de Alagoas (1940); a histórica goleada imposta ao Vitória por 8 a 2 (1942), 2 a 0 sobre o Bangu em 1967, campeão carioca em 1966 e a vitória internacional sobre a seleção de novos Argentinos por 3 a 1 (1968) no primeiro jogo deste gênero no estado.

O Sergipe é o único clube sergipano com batismo em jogos internacionais até o momento. Além da seleção de novos Argentinos, enfrentou o Sparta da República Tcheca, Alianza Lima do Peru e a seleção de Gana.

Foi o primeiro clube do estado a participar do Campeonato Brasileiro, em 1972, integrado pela nata do futebol brasileiro. O time rubro também é o único clube que participou de todos os campeonatos estaduais oficiais, desde o primeiro em 1918.

Na década de 90, mais precisamente entre os anos de 1991 e 1996, o Sergipe foi hexacampeão estadual. Esta é a maior conquista consecutiva de estaduais de um clube sergipano.

O Centenário

O Sergipe comemorou o centenário no dia 17 de outubro de 2009. Naquela ano, o Sergipe fez uma boa participação no estadual e na Copa Governo do Estado, terminando na segunda colocação em ambos os torneios. Conquistou a vaga no inédito campeonato brasileiro da série D através do estadual.

 

FONTES: Site do clube – Diário de Pernambuco

 

O Torneio dos Campeões do Norte, foi realizado em 1952. A competição contou com a presença de oito clubes campeões (sete do Nordeste e um do Norte) da temporada anterior:

Tuna luso Comercial (PA);

América de Natal (RN);

Associação Desportiva Confiança (SE);

Ceará SC (CE);

CRB (AL);

Náutico (PE);

Treze FC (PB) e

SC Ypiranga (BA).

O destaque da competição pelo Diário de Pernambuco foi bacana. Outro fato interessante foram os escudos, uma vez que, praticamente todos, são um pouco diferente dos distintivos conhecidos.

FONTE: Diário de Pernambuco  

 

Charles Miller sempre é lembrado como o introdutor do futebol do Brasil. Ainda que ele não tenha sido o pioneiro a bater a sua bolinha por aqui, ele merece todas as considerações. Afinal, ao trazer a bola e as regras da Inglaterra, o paulistano ajudou a institucionalizar o esporte. Porém, chamar o homem de longos bigodes “apenas” de pai do futebol brasileiro é desconsiderar toda a sua caminhada. Miller era muito, mas muito mais do que isso. Ele também se consagrou como o primeiro craque e o primeiro artilheiro do Brasil, assim como também foi decisivo para criar o primeiro time e o primeiro campeonato.

Nos parágrafos abaixo mostram pontos históricos para o desenvolvimento do futebol brasileiro. Além de locais de jogo, também estão destacados os primeiros clubes que fizeram a história do futebol no país.

SÃO PAULO
Associação Atlética Ponte Preta (Campinas-SP)
O segundo clube mais antigo ainda em atividade e o primeiro de maneira ininterrupta, a Ponte Preta surgiu em 1900. Também foi um dos primeiros times brasileiros a escalar jogadores negros.

Colégio São Luís (Itú-SP)
No prédio onde hoje funciona um quartel do exército, existia o Colégio São Luís. O local é considerado um dos primeiros a trazer o futebol para o Brasil, ainda na década de 1880. O esporte ganhou os seus principais traços no local em 1887.

Parque Antarctica (São Paulo-SP)
O atual terreno do Allianz Parque recebeu a primeira partida oficial da história do futebol brasileiro. Mandante no campo da Companhia Antarctica Paulista, o Germânia foi derrotado pelo Mackenzie, na rodada inicial do Paulistão de 1902.

Associação Atlética das Palmeiras (São Paulo-SP)
O Estádio da Floresta era um dos principais no início do futebol paulista. Era a casa inicial da A. A. das Palmeiras, que daria origem ao São Paulo da Floresta. Atualmente, o antigo estádio pertence ao Clube de Regatas Tietê.

Chácara Dulley (São Paulo-SP)
Antes do início do Campeonato Paulista, o campo era o principal palco de jogos de futebol no país. No local eram realizados os treinamentos do São Paulo Athletic Club, sob a batuta de Charles Miller. Atualmente, no terreno funciona a Fatec da Avenida Tiradentes, no bairro do Bom Retiro.

Sport Club Internacional (São Paulo-SP)
Formado em 1899 por dissidentes do Germânia, que não concordavam com as referências alemãs diante da presença de outros imigrantes no clube. Disputou a primeira edição do Paulista, ao lado de SPAC, Germânia, Mackenzie e Paulistano.

Várzea do Carmo (São Paulo-SP)
O local da primeira partida da história do futebol brasileiro, em 14 de abril de 1895. Atualmente, o local às margens do rio Tamanduateí é ocupado por prédios comerciais do bairro do Brás.

Associação Atlética Mackenzie College (São Paulo-SP)
Os universitários do Mackenzie fundaram o primeiro clube brasileiro para a prática do futebol, em 1898. Entre os pioneiros estava Belfort Duarte, jogador histórico e também líder do America-RJ. A equipe encerrou suas atividades em 1923.

Estádio do Velódromo (São Paulo-SP)
Onde hoje passa a rua Nestor Pestana ficava o Estádio do Velódromo, considerado o primeiro do Brasil. Inaugurado em 1892 para o ciclismo, foi adaptado ao futebol em 1901 e tinha capacidade para 5 mil espectadores.

São Paulo Athletic Club (São Paulo-SP)
O primeiro clube a jogar futebol no Brasil. Fundado em 1888, principalmente para a prática de críquete, era a equipe de Charles Miller e venceu as três primeiras edições do Campeonato Paulista. Seus treinos e primeiros amistosos eram realizados na Chácara Dulley, no Bom Retiro. Atualmente, segue em atividades amadoras poliesportivas.

Club Athletico Paulistano (São Paulo-SP)
Fundado em 1900, tornou-se o maior campeão paulista durante o amadorismo, superado pelo Corinthians apenas em 1939. Com a camisa da equipe que Friedenreich viveu os seus melhores momentos.

Sport Club Germânia (São Paulo-SP)
O atual Esporte Clube Pinheiros  surgiu em 1899 e é o segundo clube fundado para a prática de futebol, a partir dos esforços de Hans Nobling – que atuava em um clube homônimo na Alemanha. Naquele mesmo ano, desafiou o Mackenzie para a primeira partida entre clubes da história do país, um empate por 0 a 0.

Campo da Vila de Paranapiacaba (Ribeirão Pires-SP)
No caminho da estrada de ferro que ligava São Paulo ao porto de Santos, o campo é considerado o mais antigo do Brasil, surgido em 1894.

Americano Sport Club (Santos-SP)
Fundado em 1903, se tornou um dos primeiros times de fora da capital a disputar o Paulista, em 1907, ao lado do conterrâneo Internacional. O clube de Santos acabaria se mudando a São Paulo na década seguinte. Foi o primeiro brasileiro a vencer um time estrangeiro, em 1911, e o primeiro a excursionar pelo exterior, em 1913.

RIO DE JANEIRO
Fábrica Bangu (Bangu-RJ)
Local onde o escocês Thomas Donohoe bateu bola com os funcionários da Fábrica Bangu em 1894. A empresa também deu origem ao Bangu Atlético Clube, em 1904, sétimo clube mais antigo do país ainda em atividade e um dos primeiros clubes brasileiros a aceitar negros.

Rio Cricket Associação Atlética (Niterói-RJ)
A filial de Niterói do Rio Cricket carioca se tornou uma dissidência da matriz e, em 1901, disputou em sua sede aquela que é considerada a primeira partida da história do futebol carioca. Também contou com a participação de Oscar Cox.

Marina da Glória (Rio de Janeiro-RJ)
No terreno onde hoje funciona o Hotel Glória, aconteceu aquele que é considerado um dos primeiros bate-bolas relatados no Brasil, em 1874. Marinheiros ingleses realizaram a pelada no local, mas levaram a bola consigo.

Rua Paissandu (Rua Paissandu)
Em frente à residência real de Princesa Isabel, os tripulantes do navio Crimeia realizaram uma pelada em 1874. O mesmo endereço abrigou o primeiro estádio do Flamengo, a partir de 1915.

Fluminense Football Club (Rio de Janeiro-RJ)
Em 1902, Oscar Cox também ajudou a fundar o Fluminense, primeiro “clube de futebol” do Brasil a registrar suas atividades no nome. Também o primeiro dos 12 grandes a praticar a modalidade (Flamengo e Vasco já existiam, mas apenas como clubes de regatas). O Estádio das Laranjeiras abrigou o primeiro jogo da Seleção.

Botafogo de Futebol e Regatas (Rio de Janeiro-RJ)
O Botafogo é o oitavo clube de futebol mais antigo do país ainda em atividade, iniciando o seu time de futebol em 1904. Logo criou o clássico mais antigo em disputa, contra o Fluminense. O Estádio de General Severiano abrigou jogos dos combinados que originariam a seleção brasileira.

Paissandú Atlético Clube (Rio de Janeiro)
Fundado em 1872, o antigo Rio Cricket foi o primeiro clube a praticar o futebol no Rio de Janeiro. O principal pioneiro do esporte na capital foi Oscar Cox, filho de ingleses que estudou na Suíça e introduziu efetivamente as regras. Antes de sua chegada, alguns amistosos entre imigrantes já eram realizados no clube.

PARANÁ
Foot-ball Club Ponta-Grossense (Ponta Grossa-PR)
No campo próximo ao cemitério municipal de Ponta Grossa se disputou o primeiro jogo do futebol paranaense, em 1909 – desde o início da década, há registros de “bate-bolas” em Curitiba. O clube local recebeu o embrião Coritiba e venceu por 1 a 0, gol de Charles Wright, considerado o introdutor do futebol no estado.

Coritiba Foot-ball Club (Curitiba-PR)
Após o amistoso em Ponta Grossa, os curitibanos que participaram da partida resolveram criar o paranaense mais antigo ainda em atividade e o primeiro da capital. Em outubro de 1909, um grupo de descendentes de alemães fundou o Coritiba.

SANTA CATARINA
Gymnasio Santa Catharina (Florianópolis-SC)
A introdução do futebol em Santa Catarina se deu a partir do colégio, em 1906. O local permaneceu como único centro que praticava a modalidade no estado até 1911.

Brazilian Foot-Ball Club (Florianópolis-SC)
Em junho de 1911, o primeiro clube de futebol catarinense além do ginásio: o Brazilian. Nos meses seguintes, também nasceram o Barriga Verde Foot Ball Club e o Clube Sportivo Florianópolis, na capital, além do Itajahyense Football Clube, em Itajaí. Time mais antigo do estado na ativa, o Hercilio Luz foi criado em 1918.

RIO GRANDE DO SUL
Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense (Porto Alegre-RS)
Após uma série de amistosos do Rio Grande em Porto Alegre, em 1903, surgiu o clube mais antigo de Porto Alegre ainda em atividade. No mesmo dia, também foi fundado o Fussball Club Porto Alegre, já extinto. O Tricolor é o sexto time mais antigo do país que segue na ativa.

Sport Club Rio Grande (Rio Grande-RS)
O clube mais antigo do Brasil em atividade (mas não de maneira contínua) surgiu em 19 de julho de 1900, na cidade de Rio Grande. Reuniu brasileiros, alemães e ingleses, sob a liderança de Johannes Minnemann.

Esporte Clube 14 de Julho (Santana do Livramento-RS)
A influência uruguaia permitiu que o 14 de Julho se tornasse o segundo clube gaúcho (e quarto no Brasil) ainda em atividade a disputar a sua primeira partida de futebol, em 1902.

Uruguaiana (Uruguaiana-RS)
A cidade fronteiriça, assim como Santana do Livramento, possui indícios de partidas de futebol desde o início da década de 1890. Os eventos ocorreram sob influência de uruguaios e argentinos, já iniciados no esporte.

MINAS GERAIS
Sport Club Foot-Ball (Belo Horizonte-MG)
O primeiro clube de futebol de Minas Gerais surgiu em 1904, fundado por Victor Serpa. Os estudantes que formavam a equipe também ajudaram a realizar a primeira edição do Campeonato de Belo Horizonte. Foi o primeiro adversário do Atlético Mineiro, em 1908.

Clube Atlético Mineiro (Belo Horizonte-MG)
Fundado por um grupo de estudantes e de proletários, o Atlético é o clube mineiro mais antigo em atividade. Surgiu em 1908, mas só entrou em campo pela primeira vez no ano seguinte.

Villa Nova Atlético Clube (Nova Lima-MG)
Segundo clube mais antigo de Minas Gerais ainda em atividade, logo depois do Atlético Mineiro, compensou sendo o primeiro a entrar em campo, em 1908. Teve sua origem entre mineradores e operários ingleses.

ESPÍRITO SANTO
Vitória Futebol Clube (Vitória-ES)
Inspirados pelo Fluminense, um grupo de estudantes capixabas que voltou de férias à Vitória criou o primeiro time de futebol do Espírito Santo. O clube, no entanto, não tinha sede e se constituía a partir da iniciativa de seus membros.

BAHIA
Sport Club Bahiano (Salvador-BA)
No antigo Campo da Pólvora, aconteceu o primeiro jogo da história do futebol baiano, organizado por Zuza Ferreira. Já em 1903, funcionários do comércio fundaram o Sport Club Bahiano, participante da primeira edição do estadual, dois anos depois.

Sport Club Victória (Salvador-BA)
O Vitória surgiu como um clube de críquete em 1899, iniciando suas atividades no futebol apenas dois anos depois. Assim, segue como o time de futebol mais antigo do Nordeste e o terceiro do Brasil que mantém-se atuante.

SERGIPE
Sport Club Lux (Aracajú-SE)
Os primeiros relatos de jogos de futebol em Aracaju datam de 1907. Dois anos depois, um grupo de estudantes criou o Sport Club Lux, depois renomeado para Club de Football Sergipano, equipe pioneira no estado.

ALAGOAS
Sport Club Penedense (Penedo-AL)
O futebol já tinha surgido de maneira esporádica em Maceió, mas o primeiro clube perene de Alagoas é o Penedense. A equipe surgiu em 1909, um ano depois do extinto Alagoano Football Club, da capital.

PERNAMBUCO
Sport Club do Recife (Recife-PE)
O Sport segue como o clube mais antigo de Pernambuco ainda em atividade, disputando o seu primeiro jogo em 1905. Os primeiros relatos do esporte no estado vêm de 1903, em peladas realizadas por imigrantes ingleses que viviam em Recife. Embora tenha sido fundado em 1901, o Náutico só iniciou o futebol oito anos depois.

PARAÍBA
Club de Foot Ball Parahyba (João Pessoa-PB)
Os primeiros registros do futebol na Paraíba vêm de 1908, quando estudantes trouxeram a bola e as regras do Rio de Janeiro. A iniciativa impulsionou a criação do Parahyba, presente na primeira partida do estado.

RIO GRANDE DO NORTE
Sport Club Natalense (Natal-RN)
A primeira bola de futebol chegou em Natal pelas mãos de dois irmãos que estudavam na Inglaterra. A partir disso, o Natalense surgiu em 1904. A maior organização do futebol portiguar, contudo, se deu em 1915, ano de fundação do ABC, do Alecrim e do América.

CEARÁ
Football Club (Fortaleza-CE)
Há divergências sobre as origens do futebol cearense, entre a passagem de um clube inglês em 1903 e a chegada da primeira bola, com José Silveira, no ano seguinte. No primeiro dia de 1904, no entanto, apareceu o primeiro time de futebol do Ceará, o Football Club.

PIAUÍ
Parnahyba Sport Club (Parnaíba-PI)
Clube mais antigo do Piauí que segue em atividade, o Parnahyba foi criado em 1913. Inspirado nos estádios ingleses, o Estádio Petrônio Portela foi inaugurado em 1920 e era conhecido como Casa Inglesa.

MARANHÃO
Fabril Athletic Club (São Luis-MA)
Nhozinho Santos, que hoje dá nome um dos principais estádios do Maranhão, levou o futebol ao estado em 1905. Após estudar na Inglaterra, trouxe a novidade aos funcionários da fábrica têxtil onde trabalhava. Assim, criou-se o Fabril, que disputou o primeiro jogo em 1907.

PARÁ
Largo de Nazaré (Belém-PA)
O local no centro de Belém tem seus relatos de bate-bolas em 1890, antes mesmo da chegada de Charles Miller. Os rachões eram organizados por imigrantes ingleses que viviam na capital paraense.

AMAZONAS

Na ilustração: Disputa entre Brazil e Racing Club

Racing Club (Manaus-AM)
Fundado em 1906, o Racing foi idealizado por José Conduru Pacheco, maranhense que teve contato com o futebol em Manaus. Meses depois surgiu o Manáos Sport Club, criado por ingleses e principal rival do Racing.

ACRE
Xapury Sport Club (Xarupi-AC)
Os primeiros registros de futebol no Acre vêm de 1912, na cidade de Xapuri. Por lá, surgiram os dois primeiros clubes, o Xapury Sport Club e o Commercial Football Club, em 1915. Quatro anos depois, a capital Rio Branco teria as suas equipes pioneiras – o Acreano e o Rio Branco.

MATO GROSSO
Cuiabá Futebol Clube (Cuiabá-MT)
O futebol se iniciou no antigo estado de Mato Grosso em 1905. Entre 1911 e 1915, surgiram as equipes pioneiras da região: Americano, Paulistano, Royal, Internacional e Cuiabá Futebol Clube. O primeiro jogo, no terreno que hoje abriga a Câmara Municipal de Cuiabá, em 1913, com vitória do Cuiabá sobre o Internacional.

GOIÁS
Goyaz Football Club (Goiânia-GO)
As primeiras notícias do futebol em Goiás surgem em 1907, a partir da iniciativa de estudantes. Dois anos depois, fundou-se a primeira equipe da história do estado: o Goyaz Football Club. Além disso, o esporte também se desenvolvia em colégios de cidades do interior, como Catalão.

FONTE: O nascimento do futebol brasileiro em Itu (SP)
Futebol Nacional
Endereços desconhecidos em São Paulo guardam a história do futebol brasileiro
ESTADUAIS 2014 – SÃO PAULO – TODOS OS CAMPEÕES
Um passeio pelas origens do futebol brasileiro no aniversário de São Paulo
Documentário – Estádios Extintos
(SPAC) O CLUBE DOS INGLESES “120 anos de tradição”
Craque, artilheiro, técnico, cartola: Charles Miller não foi só o “pai do futebol no Brasil”
Serra do Mar: Paranapiacaba e Estrada Velha de Santos – Perguntas e Respostas
Fotos antigas do Rio de Janeiro
Parque Municipal: Berço do futebol mineiro
CAMPO DO COLÉGIO CATARINENSE – 100 ANOS

 

AD Confiança Aracaju
Atletico Sport Clube Aracaju
Centro Esportivo Agamenon Magalhães Aracaju
Centro Esportivo Fortaleza Aracaju
CS Sergipe Aracaju
Cotinguiba SC Aracaju
Cruzeiro FC Aracaju
Flamengo Circulista FC Aracaju
Olimpico FC Aracaju
Onze Passos FC Aracaju
Palestra FC Aracaju
Paulistano FC Aracaju
SC Siqueira Campos Aracaju
Vasco EC Aracaju
Rio Branco SC de Capela
AA Bonfim de Estância
EC Santa Cruz de Estância
Estanciano EC Estancia
Cantagalo FC Itabaiana
Associação Olimpica de Itabaiana
Itabaiana ec
Lagarto EC de Lagarto
Atletico Clube Ipiranga de Maruim
SC Socialista de Maruim
Industrial SC de Maruim
Passagem EC de Neopolis
Desportiva Flamengo de NS das Dores
Dorense FC de NS das Dores
America FC de Propria
Propria EC
Riachuelo FC Riachuelo
Botafogo EC de Santo Amaro
Cruzeiro EC de Simão Dias

 

 

Fonte e Foto: Álbum Craques do Robertão

 

Agradecimento a Fernando Marcelino Pereira

 

 

Publico esta foto do C.S. Sergipe de Aracaju e o que chama a atenção é o escudo diferente do que pelo menos eu conhecia desta equipe. Se um dos amigos puder desenhar e publçicar seria mais um resgate de nossa história.

 

CLUBE SPORTIVO SERGIPE - 1942

 

O Riachuelo Futebol Clube é uma agremiação da cidade de Riachuelo, na região centro-litorâneo do estado de Sergipe. O rubro-negro foi Fundado no dia11 de Junho de 1933. A sua grande conquista aconteceu no ano de 1941, quando conquistou, de forma invicta, o Campeonato Sergipano (abaixo a foto do time com a faixa de campeão invicto de 1941).

As suas cores e o escudo é uma clara homenagem ao Flamengo, e, também, uma estratégia para angariar torcedores no Estado de Sergipe que torcem para o Flamengo, já que é visível que ainda se traduz por estes longínquos lados, a grande quantidade de torcedores da maior torcida do mundo.

O Riachuelo manda os seus jogos no Estádio Francisco Leite, apelidado de Chico Leite, com capacidade para 2 mil pessoas. Além o título de 1941, o rubro-negro também possui o bicampeonato do Sergipano da Série B: 2002 e 2009.

 

Fonte e foto: Wikipédia – Felipe Feitosa – Sport Ilustrado

 

O Vasco da Gama Esporte Clube é uma agremiação da cidade de Aracaju (SE). A sua Sede fica Localizada na Avenida Antônio Cabral (do lado do número 859), no Bairro do Industrial, em Aracaju (SE). Fundado no dia 15 de agosto de 1931, como Vasco da Gama Futebol Clube (nomenclatura durou 15 anos até 1946, quando mudou para Vasco da Gama Esporte Clube), por comerciários e bancários, em reunião ocorrida na residência de Abdias Bezerra.

Seu primeiro presidente foi Eurípedes Machado de Oliveira, conhecido como “Boquinha”, que também atuou na primeira equipe formada pelo clube. A primeira sede situava-se nos fundos dos Correios, na época localizado  a Praça Fausto Cardoso. Na década de 1930, o Vasco tinha o Paulistano Esporte Clube como seu principal rival. Em 1941 se sagrou campeão do Torneio Início e dois anos depois (1944), levou o título, de forma invicta, do Campeonato Sergipano.

Escudo atual

No ano seguinte, foi vice-campeão, enquanto que, a partir de 1946, passou a adotar a atual denominação: Vasco Esporte Clube. Em 1966, o clube foi despejado por ordem judicial de sua sede, na Rua de São Cristóvão. No ano seguinte, durante a presidência de Alceu Gonçalves de Oliveira, foi iniciada a construção da sede própria. A obra seria inaugurada um ano mais tarde, durante a gestão de Wilson Queiroz.

Sede atual

Em 1984, o Vasco foi declarado de utilidade pública pela Câmara Municipal de Aracaju, através da Lei nº 967/84.1 Em 1987, venceu o quadrangular decisivo, que incluía Itabaiana, Confiança e Estanciano e conquistou o último de seus quatro títulos estaduais. Sua última participação no Campeonato Sergipano ocorreu em 1999.

O clube também dedicou-se à prática de outros esportes, entre eles o voleibol, o basquete e o futebol de salão. Neste último, foi bicampeão invicto do Torneio Sergipe-Bahia. O Vasco da Gama possui quatro títulos do Campeonato Sergipano: 1944, 1948, 1953, 1987; um caneco do Sergipano da Série B: 1992; e três conquistas do Torneio Início: 1941, 1947 e 1961.

 

Fontes e Foto: Wikipédia – Sport Ilustrado – Federação Sergipana de Futebol – Google Maps

 

Há tanto tempo pesquisando o site Rsssf Brasil e, nesta publicação, será a minha vez de colaborar com essa importante ferramenta de informações. Nela não consta quem foi o campeão do ‘Torneio Início’ de Sergipe de 1941.

Nas minhas andanças descobri a reportagem da Revista Sport Ilustrado, no dia 7 de Agosto de 1941, destacando o Vasco da Gama Futebol Clube, de Aracaju, como o grande campeão daquele ano. Vale ressaltar que o Vasco da Gama, fundado em 1931, mudou de nome em 1946, passando a se chamar: Vasco da Esporte Clube.

 

Breve resumo do Torneio Início de 1941

A competição contou com a presença de 7 (SETE) equipes: Vasco da Gama Futebol Clube (alvinegro); Cotinguiba Esporte Clube (alvianil); Guarany Futebol Clube; Palestra Futebol Clube (alvianil); Paulistano Esporte Clube; Club Sportivo Sergipe (alvirrubro) e Siqueira Campos Futebol Clube (rubro-negro).

Na decisão o Vasco Esporte Clube venceu o Cotinguiba E.C. por 2 a 0. O herói a conquista foi o atacante Ignácio, autor dos dois gols. Os jogos transcorreram no Estádio Rollemberg, e tiveram as arbitragens de: Odilon Antenor de Araujo; Lourenço Nunes e Isaias de Souza.

 

Demais resultados

1º jogo           – Siqueira Campos x Palestra (vencedor: Palestra)

2º jogo           – Paulistano x Sergipe (vencedor: Paulistano)

3º jogo           – Cotinguiba x Guarany (vencedor: Cotinguiba)

Semifinais    – Palestra x Vasco da Gama F.C. (vencedor: Vasco)

Semifinais    – Paulistano x Cotinguiba (vencedor: Cotinguiba)

Final              – Cotinguiba 0 x  2 Vasco da Gama F.C.

 

A Associação Desportiva Independente Futebol Clube é uma agremiação do Município de Simão Dias (SE). Com a Sede na Rua José Amarante de Carvalho, 286, no Centro de Simão Dias, o Independente foi Fundado no dia de Natal, em 25 de dezembro de 2007, pelo ex jogador Mário Rocha.

A princípio o Independente F.C era formado por amigos do bairro. Contudo, o time deu certo e, rapidamente se organizou e decidiu se profissionalizar em 2013.

Com isso, o clube debutou no Campeonato Sergipano da A2 (Segunda Divisão) de 2014. O Independente F.C manda os seus jogos no Estádio Albano Franco em Simão Dias, com capacidade para 4 mil pessoas e tem o ex-jogador Lima Sergipano como treinador.

Segundo o presidente do clube, Mario Rocha aposta para alcançar o acesso será em jogadores do Estado “A grande maioria do nosso elenco é formada por sergipanos. Vamos depositar nossas fichas neles. A ideia de criar o clube começou lá em 2007 com o amadorismo. No ano passado decidimos dar mais um passo à frente e nos profissionalizamos este ano“, revelou Mário Rocha.

 

Estádio Albano Franco, em Simão Dias

Independente na briga pelo acesso

Restando quatro rodadas para o final da Segundona Sergipana, o debutante Independente segue com chances reais para conseguir o acesso. A equipe está na quarta posição com oito pontos, três a menos do G2 (Boquinhense e Boca Junior somam 11 pontos).

Fontes e Fotos: Blog do Independente F.C. – Globoesporte.com – Federação Sergipana de Futebol (FSF)

 

A Associação Boquinhense de Desportos, ou simplesmenteABD é uma agremiação do Município de Boquim (SE). O ‘Verdão do Sul’ foi Fundado no dia 08 de Outubro de 1965, tendo a sua Sede localizado na Avenida José Martins de Araújo, 01, Conjunto Cecília da Estação, Centro – Boquim.

A equipe manda os seus jogos no Estádio Municipal João Trindade Filho, o ‘Trindadão’, com capacidade para 5 mil pessoas. O ABD disputou o seu primeiro Campeonato Sergipano de Futebol da Série A2 no ano de 1997, ficando em sétimo lugar, sendo que no ano de 2010, conseguiu sua melhor campanha terminando em quarto lugar.

‘Verdão do Sul’ participou dos campeonatos sergipanos entre os anos de 1997, e de 2009 á 2012, na Segundona.  A equipe nunca participou da 1º divisão do estadual, mas, isso pode mudar! Afinal, o Boquinhense lidera o Campeonato Sergipano da Série A-2 (Segunda Divisão) de 2014 com 11 pontos (três vitórias, dois empates e apenas uma derrota; marcando seis gols e sofrendo três), o mesmo número de pontos do Boca Junior, mas leva a vantagem no saldo de gols: três a dois.

Restando quatro rodadas para o fim, o Boquinhense só depende de si para conquistar o inédito acesso, já que o campeão e vice garantem um lugar na elite do futebol sergipano de 2015.

 

Fontes: Wikipédia – Federação Sergipana de Futebol (FSF)

 Foto: Cleibson Ferreira

 

© 2016 História do Futebol Suffusion theme by Sayontan Sinha